Meus Discos e Livros e Tudo o Mais!: 'O Vendedor de Armas - Hugh Laurie'

21 de outubro de 2010

'O Vendedor de Armas - Hugh Laurie'






O Vendedor de Armas
(The Gun Seller)
Hugh Laurie






Thomas Lang é um ex-membro da tropa de elite do exército britânico, nos seus 36 anos, solitário, sem grana e sem muitas perspectivas de vida. Um desconhecido lhe oferece um bom dinheiro por um trabalho peculiar. Peculiar pois não é algo que ele faça. Matar alguém. Um empresário americano que vive em Londres. Não, Lang não aceita. Ao invés disso, ele resolve alertar o alvo de que o querem morto. Mas, na tentativa de fazê-lo, ele acaba atacado por – e atacando – um desconhecido e conhece a filha do alvo, por quem ele fica um tanto quanto obcecado. E isso é só o começo.

A partir de então Lang se envolve em um complicado jogo de interesses, conspirações e antes que perceba, é acusado de atentar contra a vida que ele na verdade tentou proteger, pois todos acreditam que ele aceitou o trabalho, afinal, uma grande quantia de dinheiro surge em sua conta. Ele tem seu apartamento revirado, descobre que as pessoas definitivamente não são o que parecem, e que aqueles que parecem controlar o mundo, tem um projeto secreto que geraria muito dinheiro, mas também custaria muitas vidas.

Ele então pega um avião para o Canadá, onde se casou com uma moça chamada Mary-Beth e começou um negócio com cerâmicas que fez muito sucesso. Quer dizer, ele decide que era o que ele deveria ter feito. Ao invés disso, ele se vê entre atentados, espionagem, tiros, um acidente de carro, uma estação de esqui na Suíça, grupos terroristas, galerias de arte, loiras em carros conversíveis e improváveis amizades. Se vê diante de tantas ‘verdades’ diversas que Lang chega a duvidar quem é, e no que e quem acreditar.

A história é interessante, bem contata, e por mais séria que seja possui um humor sarcástico cativante. A princípio achei que em alguns momentos o ritmo da narrativa ficava meio lento, mas por outro lado, cada detalhe contado é importante. Uma simples palavra dita em uma ligação telefônica aleatória pode fazer toda a diferença. Por isso, no final das contas, o ritmo não tira o prazer de acompanhar essa história recheada de reviravoltas das mais surpreendentes. Assim como Lang, queremos descobrir quem está envolvido, o que cada um pretende e como resolver tudo, ou impedir tudo, dependendo do ponto de vista.

Thomas Lang é um capítulo à parte. É desses personagens politicamente incorretos, que faz tanta coisa errada que acaba fazendo o certo, que se baseia na ironia, no sarcasmo e acompanhar a mente desse cara, suas contradições, seus sentimentos confusos, é uma das melhores coisas do livro. Ele definitivamente merecia ter mais de suas histórias contadas.

Concluindo, não é que o Hugh Laurie não é apenas um ator maravilhoso (House que o diga), mas também um escritor talentoso? Uma curiosidade: Hugh pretende lançar uma sequência, que seria intitulada “The Paper Soldier”, mas é um projeto que ele acabou adiando, adiando, e por enquanto tem futuro indefinido. O que é uma pena.



***

8 comentários:

Nanda disse...

Ei Caca,

Ah que bom q vc gostou, eu comprei o livro a um tempão mas até hoje não li rsrs

Vi umas pessoas que não tinham gostado muito, ai perdi a empolgação, agora me animei de novo :)

bjoo

Angélica Roz disse...

Oi Caca! A sua resenha me deixou curiosa para conhecer o livro. Parece legal! Bjss

Cacá SS disse...

Nanda,
Tb tem um tempão q eu comprei o livro e só li agora...rss
Mas eu gostei sim. Como eu disse, em algumas partes achei o ritmo meio lento, mas a história, e o humor do livro são muito bons!!
Bjo


Angélica,
Que bom, adoro despertar a curiosidade das pessoas, hehe
E o livro é legal mesmo!
PS: Adorei seu avatar!!! Adoro a Amelie!!! rss

A Bookaholic World disse...

Não conhecia esse lado escritor do Hugh/House. HEHUEUHEHU
A história parece ser bem interessante, quando li o título pensei até que fosse parecido com "O Senhor das Armas" xD hahaha
Ótima resenha, Cacá! ^^

Beijão!
Gabi - A Bookaholic World

Jessica Fernanda disse...

Mew sou fanatica por ele, esse livro ta no topo da lista pra eu comprar...

Aproveita tem post novo no blog, entrevista exclusiva + promoção. Não deixa essa passar!
http://starbucksandbooks.blogspot.com
Mil beijokas

Cacá SS disse...

Gabi,
Pois é, esse é o primeiro livro dele. Só foi lançado no Brasil esse ano, mas já tem mais de 10 anos. Humm.. não assisti O Senhor das Armas, então não sei se é parecido, mas garanto q a história é interessante!
Bjos


Jessica,
Leia sim, se vc já gosta do Hugh, gosta de House, vai adorar o humor sarcástico do Thomas Lang!
E pode deixar q vou dar uma olhada no seu blog!
Bjos

Lu disse...

ei Cacá, eu tenho uma vontade imensa de ler esse livro, ouvi dizer que ele nem era bom, mas pela sua resenha ele deve ser ótimo.
Gosto muito do personagem que o autor faz em House. ^^
Vou querer ler com certeza. =)
beijos

Cacá SS disse...

Lu,
Acho que se vc gosta do humor do House, vai gostar desse livro. A história tem muitas reviravoltas e é muito boa. Como disse, algumas partes são mais lentas, mas nada que atrapalhe!
Bjos