Meus Discos e Livros e Tudo o Mais!: 'Pecados Sagrados - Nora Roberts'

6 de junho de 2011

'Pecados Sagrados - Nora Roberts'









Pecados Sagrados
(Sacred Sins)
Nora Roberts









O padre. É assim que é chamado pela imprensa o assassino que está à solta, fazendo vítimas entre as moças da cidade, sem nenhum ataque sexual ou roubo. Elas são simplesmente estranguladas com um tecido branco, utilizado pelos padres junto à batina, sem motivo aparente. Cabe ao Detetive Ben Paris e seu parceiro desvendarem esse mistério e impedir que o assassino faça uma nova vítima. Com a opinião pública exigindo respostas e uma solução que os policiais ainda não conseguem fornecer, o Capitão da divisão de homicídios, depois de uma certa pressão do Prefeito, decide contratar ajuda externa, uma psiquiatra que trace o perfil do assassino e eventualmente lhes dê uma direção a seguir com as investigações. Claro que os policiais responsáveis não ficam nada felizes com essa intromissão. Principalmente Ben. E é assim que a Dra. Tess Court entra no caso. Apesar de a princípio não estar muito confiante em se envolver em um caso de tanta repercussão, ela não pode evitar ficar intrigada com a mente desse assassino. E afinal, seu trabalho era apenas examinar fatos e diagnosticar. Até que ela se viu envolvida demais com o caso, o assassino, e mais ainda com um dos detetives.

Nora Roberts consegue misturar tão bem elementos de romance e investigação policial, como faz com a Série Mortal, mas claro, na Série em que assina como J.D. Robb ela se aprimorou. Pecados Sagrados é bem anterior, é contemporânea, mas contemporânea anos 80, quando a história foi escrita. Além disso, nesta trama o detetive da “Homicídios” é um homem. Ben Paris. O perturbado Ben Paris. O cara que não confia em psiquiatras, que os despreza e de repente se vê encantado por uma, a Dra. Tess Court.

Apesar de não ser o ponto principal do livro, gostei muito de como o romance entre Ben e Tess se desenvolve. Aos poucos, um encontro de cada vez, um descobrindo o outro sem pressa, e tudo isso durante uma investigação policial. Não foi aquela coisa alucinante, mas um foi se tornando importante para o outro de uma forma profunda sem que eles se dessem conta. Apesar de os dois acreditarem não ter nada em comum, ela neta de um Senador, de família rica e com um elegante consultório psiquiátrico, ele um mero detetive de polícia, neto de um açougueiro, acabam descobrindo as semelhanças pelo modo como ela se envolve com seus pacientes e ele com os casos que investiga.

Acho que o livro só perde alguns pontos pois o começo é meio confuso, mas de resto é tudo perfeito. Também é impressionante o caráter psicológico trazido pela personagem da Dra. Tess, com suas profundas análises. Conhecemos tão profundamente os personagens que não há como não nos envolvermos, e meus livros preferidos são esses em que me envolvo.

A parte policial do livro é angustiante, primeiro por esse assassino, que faz vítimas que a princípio não seguem um padrão, mas conforme as mortes ocorrem, as semelhanças começam a aparecer. Durante todo o livro temos vislumbres da mente do assassino – apesar de não nos ser revelado quem ele é até o final – vamos descobrindo no decorrer da história o porquê de ele fazer o que faz, como faz, e acreditando que faz algo bom, e que na realidade está salvando as moças que mata. Me surpreendi em descobrir quem era o assassino afinal.

O livro faz parte de uma série, D.C. Detectives, que tem apenas 2 livros e o seguinte tem como protagonista Ed Jackson, parceiro de Ben, o gigante ruivo que conhecemos nesse livro, que nos cativa imediatamente com seu jeito natureba de ser. Não vejo a hora de conhecer melhor a história dele. E cada vez gosto mais da Nora Roberts e compreendo o porquê de ela ser tão idolatrada.



D.C. Detectives #1: Pecados Sagrados (Sacred Sins)
Ben Paris e Tess Court
D.C. Detectives #2: Virtude Indecente (Brazen Virtue)
Ed Jackson e Grace McCabe





***

2 comentários:

leitoracompulsiva disse...

Oi Cacá!
Esse foi o único livro que li da Nora Roberts fora da série Mortal!! Tenho um certo medo de arriscar com os romances e acabo ficando com os livros policiais! Tenho vontade de ler o segundo livro, mas estou esperando encontrar uma boa promoção!! rs...
beijos
Camila - Leitora Compulsiva

Lu disse...

aii, quero ler Cacá,
fique bem curiosa com esse livro da Nora, parece ser mara. ^^

beijos.