Meus Discos e Livros e Tudo o Mais!: 'Fallen - Lauren Kate'

27 de dezembro de 2010

'Fallen - Lauren Kate'






Fallen
(Fallen)
Lauren Kate






Após um trágico acidente que custou a vida de seu namoradinho Trevor, acidente este que todos acreditam que ela esteja envolvida, Luce é mandada para o deprimente e sombrio reformatório Sword & Cross. Lá encontra vários tipos de pessoas, a maioria adolescentes problemáticos, como ela. Todos eram obrigados a usar somente roupas pretas, mas entre todos os “alunos”, seu olhar é atraído para um cachecol vermelho e seu lindo dono. O misterioso Daniel Grigori. Ela sente uma estranha ligação com ele, como se já o conhecesse antes, sente-se atraída, apesar de ele ora a ignorar, ora a desprezar completamente. Por outro lado, havia o gentil Cam e seus desconcertantes olhos verdes. Sua simples presença emanava algo que fazia com que Luce se sentisse bem a seu lado. Apesar de todas as coisas que estavam acontecendo em sua vida, a maior preocupação dela não era o fato de estar presa em um lugar onde não são permitidos sequer telefones celulares e seus passos são vigiados constantemente pelos 'vermelhos' – as câmeras de segurança – ou a estranha atração que ela sentia por esses dois caras tão diferentes, mas sim as sombras que ela via desde criança, que sempre lhe causavam um arrepio na espinha e geralmente estavam por perto quando algo ruim acontecia. Elas também apareceram no reformatório e dessa vez, pareciam cada vez mais fortes...

Esse é um livro controverso. Primeiro, vi muitas pessoas dizendo que gostaram muito, depois, muitas pessoas dizendo que odiaram. Resolvi tirar minhas próprias conclusões, mas preferi esperar um pouco até tirar da cabeça tudo o que tinha lido sobre ele. E foi assim que esse livro ficou meses na minha estante, olhando pra mim, desde que o comprei na Bienal do Livro de São Paulo, em agosto. Decidida a não deixar o ano acabar antes de lê-lo, encarei a leitura e já dou logo meu veredicto: eu realmente gostei. Pode ser que a chave tenha sido a minha total falta de expectativa, mas gostei da história, apesar de seu ritmo lento e de demorar mais da metade do livro para se ter qualquer sinal de ação. Mas quando essa começa, quando os mistérios começam a ser revelados, não temos vontade de largar o livro. Sobre tais mistérios, pressinto que só foi revelada a ponta do iceberg, e que ainda há muito mais para Luce – e, consequentemente o leitor – desvendar. Claro, ficamos loucos para ler a continuação da história, Torment, imediatamente.

Luce é uma garota perturbada. Também pudera, durante toda sua vida ela viu sombras se aproximando, a seguindo, a assustando, e tudo só piorou com o incêndio que matou Trevor, do qual ela simplesmente não se lembra de nada, mas que deixou todos com raiva ou com medo dela. Até seus pais pareciam constantemente assustados. Ao chegar ao reformatório ela queria apenas passar despercebida, e que ninguém descobrisse sobre seu passado, o que, é claro, foi impossível.

Quanto aos interesses amorosos da protagonista, como ela, eu também tive um momento de dúvida, mas agora tenho plena certeza que sou totalmente Team Daniel, mas se você não leu o livro, não espere qualquer explicação de mim sobre os motivos de eu gostar mais do Daniel que do Cam, apesar de este ter o seu charme. ;D

Em relação aos demais personagens, me diverti com seus diferentes estilos como o cara de dreds, a garota com o rosto cheio de piercings, os casos perdidos e suas pulseiras com dispositivos de localização, a nerd e até uma patricinha. Fiquei extremamente triste com o que aconteceu com um deles, e apesar da implicância da Luce com uma das personagens, sabia que ela teria um papel importante para a história. Outra coisa que gostei muito foi de toda a descrição do reformatório, do cemitério que reforçava o clima sombrio, da igreja transformada em ginásio, dos imundos dormitórios. Acho que ajudou bem no clima pesado que a história pedia.

Ah, não posso deixar de observar que o Google também se fez presente naquele momento em que a protagonista tenta descobrir mais coisas sobre o carinha que a interessou, mas, diferente da Bella de Crepúsculo e da Nora de Sussurro, Luce não teve a mesma sorte e não foi o tio Google que a ajudou a desvendar o grande mistério. Ela teve que descobrir sozinha.

Enfim, só sei que agora estou extremamente ansiosa pela sequência, louca de curiosidade para saber o que vai resultar daquele aperto de mãos...

***********************************************************************************************

Essa resenha faz parte do Desafio de Férias do Garota it.

Para saber mais detalhes, as regras e como participar, basta clicar na imagem ao lado.


4 comentários:

Desa disse...

Ei, psi visita meu Blog! fallenbrasil.blogspot.com e eu tambem sou Team Daniel!

Felipe Marques disse...

Oii Cacá..
eu ganhei esse livro de presente de aniversario .. estou louco para lelo..
gostei da resenha ..
bjbj

=]'

Lu disse...

ei Cacá, eu gostei bastante de Fallen, gostei do clima meio sombrio e dos personagens, quero muito ler o segundo e espero gostar também. =)

.Niii. disse...

Eu sou do grupo que gostou!
HAHAHA
Já li Torment e tbém gostei
#danielsuspira

bjocas